PIMENTA NUCLEAR (19)9.8825-1240

 

 


ONDE COMPRAR PIMENTA NUCLEAR?


 

WHATSAPP: (19)9.8825-1240

 

http://www.pimentanuclear.com.br 

 

Somos considerados por muitos os melhores produtores e distribuidores de pimenta do Brasil, onde oferecemos a pimenta regional ou a pimenta nuclear da melhor qualidade.

 

O QUE SÃO PIMENTAS NUCLEARES?


As Pimentas Nucleares Carolina Reaper, Trinidade Moruga Scorpion, 7 Pot Douglah, Trinidad Scorpion Butch T, Naga Viper, entre outras, estão entre as pimentas nucleares mais ardidas do mundo, de acordo com a Escala Scoville de pungência e, dendo assim, saborer uma Pimenta Nuclear não é para qualquer um.


Pimenta Nucleares - No Clube Corporativo é onde você pode comprar Molho de Pimenta orgânico ou comum feitos com as pimentas mais fortes do mundo, as pimentas nucleares, entre elas a carolina reaper, naga morich, trinidad scorpion morouga, bhut jolokia, dorset naga, entre outras pimentas.


Quais são as pimentas mais ardidas do mundo?
Carolina Reaper, Trinidade Moruga Scorpion, 7 Pot Douglah, Trinidad Scorpion Butch T e Naga Viper estão entre as pimentas mais ardidas do mundo, de acordo com a escala Scoville de pungência.


A cidade Norte Ameridada de Fort Mill, na Carolina do Sul (EUA), esta no livro dos recordes, uma vez que é cultivada uma qualidade de pimenta que está entre as mais ardidas do mundo, ou seja, a Pimenta Nuclear Carolina Reaper, criada por um cultivador de pimentas norte americano Ed Currie. A Pimenta Nuclear Carolina Reaper atinge, de acordo com a escala Scoville, 2.200.000 ardência, chamada também de pungência.

 

Carolina Reaper

A Pimenta Nuclear Carolina Reaper é muito forte e, sendo assim, é necessário o uso de luvas durante o seu manuseio. Tal medida ao manusear a Pimenta Nuclear Carolina Reaper é fundamental e obrigatório, uma vez que um simples toque na pele provoca muita ardência, principalmente em pessoas mais sensíveis, queimaduras, irritação nos olhos ou mesmo cegueira. Sendo assim, aconselha-se o uso de equipamentos especiais como luvas, óculos de proteção e outros. 


Pimenta Nuclear Trinidad Moruga Scorpion

A Pimenta Nuclear Trinidade Moruga Scorpion, também chamada apenas de Trinidad Moruga Scorpion, também tem uma ardência importante onde pode alcançar 2.009.231 unidades na Escala de Calor de Scoville. O cultivo da Pimenta Nuclear Trinidade Moruga Scorpion foi iniciado em Trinidade e Tobado, no distrito de Moruga.


Pimenta Nuclear 7 Pot Douglah

A Pimenta Nuclear 7 Pot Douglah, chamda apenas de Pot Douglah, tem uma ardência de 1.853.936 SHU na Escala de Calor de Scoville e recebeu dos amantes da pimenta o carinhoso apelido de Pimenta Nuclear Chocolate 7 Pod, uma vez que a cor dessa pimenta nuclear é de cor marrom. Para muitos especialistas en gastronomia e pratos especiais, a Pimenta Nuclear 7 Pot Douglah é a melhor das opções, uma vez que apresenta uma punjancia (ardência) inferior quando comparada com as Pimentas Nucleares Carolina Reaper e Trinidade Moruga, além da 7 Pot Douglah ser uma Pimenta Nuclear com savor e paladar mais agradável.

 

Pimenta Nuclear Trinidad Scorpion Butch T

A Pimenta Nuclear Trinidad Scorpion Butch T é origenada da Austrália, sendo assim, é uma a Pimenta Nuclear Trinidad Scorpion Butch T australiana

Qual é a ardência da Pimenta Nuclear Trinidad Scorpion Butch T?

A Pimenta Nuclear Trinidad Scorpion Butch T tem uma ardência de 1.463.700 SHU e, por sua vez, ocupa uma posição de destaque na escala das pimentas mais ardidas do mundo. Mesmo não ocupando as primeiras colocações entre as mais ardidas, saboreas uma Pimenta Nuclear Trinidad Scorpion Butch T não é para qualquer um. Lembre-se que as pimentas nucleares pode até matar, se consumidas por pessoas alérgicas ou mesmo as pessoas que se aventuram a comê-las sem nenhum cuidado.

 

Pimenta Nuclear Naga Viper

 

A Pimenta Nuclear Naga Viper é uma pimenta que se enquadra também entre as mais ardidas do mundo. Originária do Reino Unido, a Pimenta Nuclear Naga Viper é uma combinação entre várias espécies de pimentas. Para muitos especialistas em pimentas, a Pimenta Nuclear Naga Viper é uma pimenta muito saborosa e de sabor especial, único e raro.

 

Qual a ardência da Pimenta Nuclear Naga Viper?

A Pimenta Nuclear Naga Viper tem uma ardência de 1.349.000 SHU. 

 


Curiosidades sobre as pimentas


A grande causadora dessa pungência é a capsaicina, substância sem cheiro, sem sabor, responsável por estimular as células nervosas encontradas na boca, o que provoca uma ardência insuportável. A capsaicina nada mais é que um composto químico formado por capsaicinoides, produzidos nas glândulas da placenta da fruta. Curiosidade muito interessante e diferente do que muitos pensam, as sementes não são a fonte de ardência das pimentas, o que ocorre na verdade é que elas acabam absorvendo a capsaicina, por estarem muito próximas à placenta, única parte da planta capaz de produzir essa substância.

Pertencentes à família Solanaceae, gênero Capsicum, as pimentas contam, atualmente, com 27 espécies catalogadas. Sua principal característica é a sensação de ardência quando consumidas ou, em alguns casos específicos, até mesmo quando tocadas. 

Comer uma pimenta causa uma sensação de incência ou brasas na boca, logo depois de ingeri-la. Devido essa ardência, há quem goste de pimentas nucleares ou pimentas regionais mais ardidas, além dos que se arrepiam só de pensar em consumi-las. 

 

Devo beber água ou algum líquido após consumir uma pimenta nuclear?

No meu caso, confesso que prefiro beber algum líquido sim, porém, para muitos especialistas em pimenta, nada adiantaria para aliviar a ardência das pimentas nucleares, muito pelo contrário - de acordo com alguns especialistas, uma vez que tomar líquidos após comer uma pimenta nuclear acabará por expandir a sensação de ardência causada pela pimenta. Sendo assim, o ideal seria tomar algum azeite ou óleo, leite ou comer um pedaço de pão. Bom, na verdade, sei que cada um tomará a decisão que achar melhor na hora, ou seja, tomar medidas possíveis de diminuir a sensação de ardência causado por uma pimenta nuclear.

 

Quais são os níveis de ardência das pimentas nucleares e pimentas regionais?

 

Os níveis de ardência das pimentas nucleares e regiões são definidos de acordo com alguns fatores genéticos, ambientais. Por exemplo, a variedade de uma pimenta nuclear ou regional - bem como a idade dos frutos, o clima, o regime de chuvas na região onde as pimentas serão plantadas, entre outros. Para classificar o grau de ardência das pimentas nucleares e as pimentas regionais é utilizado a escala de Scoville (Escala do cientista e farmacologista Wilbur Scoville). Na escala de Scoville, usada desde 1912, as pimentas são classificadas de acordo com quantas partes de água são necessárias para diluir uma determinada porção da pimenta analisada, até que a pimenta não arda mais. De acordo com especialistas em pimentas a escala Scoville essa é maneira mais adequada de analisar uma pimenta nuclear ou pimenta regional.  O cálculo é feito da seguinte maneira: quantas mil unidades de medidas de água precisam ser necessárias para diluir a mesma Unidade de Medida de pimentão. A Pimenta Malagueta, por exemplo, são usadas 60.000 unidades da medida escolhida de água para acabar com o seu ardor, visto que é detentora de 60.000 unidades Scoville.


Quais são os benefícios da pimenta para a saúde humana?

Vale lembrar antes de tudo que a pimenta, seja ela uma pimenta regional ou uma pimenta nuclear, para muitos especialistas, a pimenta é saudável e também pode ser usada como medicamento, uma vez que a pimenta tem em sua composição vitaminas, além de algumas propriedades analgésicas e anti-inflamatórias. Pessoas que fazem uso da medicina natural, a pimenta pode aliviar dores diversas, entre elas a pimenta pode aliviar a dor de dentes, dor de cabeça, dor no estômago, entre outras dores, além de controlar os níveis de glicose no sangue, aumentar a capacidade pulmonar, auxiliar no tratamento da rinite alérgica. A pimenta ajuda também na boa forma do corpo, uma vez que a pimenta possui uma substância que acelera o metabolismo e diminui a sensação de calor. Com a aceleração do metabolismo devido o consumo de pimentas, o corpo humano fica quente e, dessa maneira, equilibra a temperatura externa e interna do corpo humano.

Segundo pesquisadores da Faculdade de Nutrição da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), a pimenta é capaz de diminuir riscos de doenças cardiovasculares. 

 

Como a Pimenta é usada na culinária?

Além da ardência, a pimenta regional ou pimenta nuclear tem cores e sabores para decorar os mais diversos pratos. Atualmente, a pimenta está presente na culinária de diversos países e são utilizadas de muitas maneiras, seja no preparo de pratos que levam alimentos crus, cozidas, secas, em saladas, fritas, entre outras formas. O uso da pimenta na culinária destaca-se principalmente, no Brasil, o Estado da Bahia, além de outros países como o México e na Índia, além da Coreia, Indonésia, Nepal, Tailândia, Turquia, e outros países e regiões.

 

SAIBA MAIS ONDE COMPRAR PIMENTAS NUCLEARES:

 

 

CAROLINA REAPER
Via de regra, muitos produtores de Carolina Reaper importam a pimenta dos Estados Unidos da América (EUA). A CAROLINA REAPER, originalmente intitulada "HP22B", é uma pimenta híbrida da espécie Capsicum Chinense.

A CAROLINA REAPER, na atualidade, é considerada a pimenta nuclear mais ardida do mundo, segundo o Guinness World Records.  Os testes realizados em 2013, mostra que a CAROLINA REAPER tem em média 1.569.300 milhões SHU, de acordo com a escala Scoville, com níveis de pico de ardência de mais de 2.200.000 milhões SHU.

A Carolina Reaper tem uma superfície áspera vermelha brilhante, além de uma longa cauda de ferrão.

Especialistas em Pimentas Nucleares orientam que nunca a CAROLINA REAPER deve ser consumida inteira, uma vez que uma pimenta nuclear pode ocasionar a morte se consumida de uma maneira inadequada. Sendo assi, ao consumir a CAROLINA REAPER, ou outra pimenta nuclear, tome todos os cuidados necessários.

 

PIMENTA NUCLEAR TRINIDAD SCORPION MORUGA
Considerada na atualidade a segunda pimenta mais ardida do mundo, a Capsicum chinense, ou seja, a Pimenta Nuclear Trinidad Scorpion Moruga é uma pimenta muito ardida e o seu nome leva uma referência ao distrito de Moruga, em Trinidad e Tobago.

A , identificou a Trinidad Scorpion Moruga mistura como a segunda pimenta a entrar para o Guinness World Records em fevereiro de 2012.

De acordo com o Instituto New Mexico State University Chile Pepper Institute, a Pimenta Nuclear Trinidad Scorpion Moruga tem 2.009.231 SHU na escala Scoville e, devido essa ardência elevada, é considerada a segunda pimenta nuclear mais ardida do mundo.

Seu calor médio da Pimenta Nuclear Trinidad Scorpion Moruga superou mais de 1,2 milhões de unidades na escala Scoville de calor, enquanto os frutos de uma planta individual chegou a 2.009.231 SHU de unidades de calor. Além do calor, a Pimenta Nuclear Trinidad Scorpion Moruga tem um sabor de frutas, o que, segundo especialistas em pimenta, acaba agrando o paladar de muitos amantes da pimenta.

 


PIMENTA BHUT JOLOKIA
Espécie: Capsicum Chinense
Ardência: 1.070.000 Scoville
Origem: Índia

 

O efeito bombástico da pimenta começa na língua. Quando alguém morde a pimenta, ela se rompe e libera a capsaicina, seu composto químico ativo mais importante. A substância estimula os receptores de calor e de dor presentes em toda a língua. O cérebro interpreta esse ardor como se a língua tivesse sido queimada. E faz com que os receptores opióides do sistema nervoso simpático produzam endorfina - responsável pela sensação de bem-estar. Esses receptores são os mesmos que respondem a algumas drogas. A capsaicina também altera o equilíbrio térmico do corpo, provocando ondas de calor e suor.

também conhecida por outros nomes, como Naga Jolokia é uma pimenta famosa por ter sido reconhecida pelo Guinness World Records, , como a pimenta mais picante do mundo. Também conhecida como Pimenta Fantasma

BHUT JOLOKIA
A Bhut Jolokia, também conhecida como Naga Jolokia, Ghost Chili, Ghost Pepper e Naga Morich, é uma pimenta de origem indiana considerada pelo Guinness World Records a terceira pimenta mais forte do mundo, com 1.304.000 SHU.


VICNIC-1313
Com o objetivo de criar a pimenta nuclear mais ardida do mundo, Fábio Tuma realizou experimentos com as variedades mais ardidas do mundo, a Carolina Reaper e Trinidad Scorpion Moruga. Sendo chamado de louco e que não conseguiria resultados satisfatórios, Fábio Tuma anuncia sua nova criação ao final de um ano de árduo desenvolvimento.

A Viciado em pimentas orgulhosamente apresenta a VICNIC-1313.
De fato, Fábio Tuma não conseguiu superar a Carolina Reaper. Porém, Fábio conseguiu desenvolver a pimenta híbrida brasileira mais potente do Brasil!
A VICNIC-1313 foi analisada nos laboratórios de Química da UNICAMP e ao atingir 1.820.000 SHU nos resultados das análises, superou a VICNIC-1313 e surpreendeu até os mais céticos.

O Método utilizado: A partir de matrizes importadas, este cruzamento foi realizado na forma da retirada de um grão de pólen de uma espécie e inserido no estigma de uma flor da outra espécie (meiose).

Por quê o nome VICNIC-1313?
Dias após realizar o experimento, Fábio Tuma recebeu a surpreendente notícia que seria pai novamente, desta vez de gêmeas, através de método semelhante ao realizado em seus experimentos (fertilização in vitro).
Em um dia 13 de 2013, nasceram Victória e Nicole.

 


ONDE COMPRAR PIMENTA NUCLEAR EM CAMPINAS, SÃO PAULO-SP?


 

WHATSAPP: (19)9.8825-1240

 

http://www.pimentanuclear.com.br